Eu sou Policial ou Estou Policial? Uma bela reflexão sobre a vida policial

Faaaala, tropa, como vão?

O post de hoje é mais um relato do que qualquer outra coisa. Para quem não sabe, eu, Jonas Leite, Policial Civil e Mentor de produtividade para carreiras policiais, antes mesmo de me tornar policial e trabalhar com Mentoria eu já tinha este blog e escrevia sobre carreiras policiais. Como já esperado, minha visão sobre a vida policial mudou muito depois que eu conquistei o meu distintivo; e não ache que foi para pior, muito pelo contrário, mudou para o certo, para uma visão que vai muito além do “apenas querer ser um policial”.

Bom, amigos, ser um policial é MUITO mais que passar em um concurso público concorridíssimo. É muito mais que tirar selfies fardado portando uma pistola. Ser policial é muito mais que escrever em redes sociais ou comentar com amigos sobre isso ou aquilo que fez ou irá fazer. A grande verdade, ser um policial é empenhar sua vida para uma causa que aos olhos da sociedade está perdida. É portar uma arma “na cinta” para o resto dos seus dias; e que grande parte das vezes você, sozinho, é a última ou única fronteira entre o bem e o mal. É a pessoa que será chamada para resolver qualquer problema, independentemente de onde ou com quem estiver. Ser um policial é viver desconfiado e estar sempre alerta. Você já imaginou nunca mais sentar de costas para a porta? Já imaginou ser uma pessoa que analisa tudo e todos sempre pensando que algo poderá acontecer a qualquer momento? Pois então, esta é a vida que você levará após assinar seu termo de posse. Sei que diversas coisas estão passando pela sua cabeça após ler tudo isso. A intenção legítima desse texto é provocar uma certa inquietação; e que ela te faça pensar sobre a sua nova vida. Vida repleta de alegria e satisfação, desde que você não a encare como profissão, mas sim como um estilo de vida.

Grande parte das carreiras o profissional “está” naquele cargo, amanhã ele mudará para um melhor e por aí vai, e quando chegar o final de semana ele esquecerá do escritório e do que faz de segunda à sexta e curtirá seu descanso.  Para um policial isso não existe, ou você é policial 24h por dia x 7 dias da semana, ou você pedirá para sair – chegará à conclusão que não possui o tirocínio policial.

A única certeza que eu tenho é que a polícia precisa de você, de sangue novo, de um gás que impulsione as instituições a cumprirem com mais louvor suas atribuições. Se essas palavras te motivaram é porque você nasceu pra isso e sua aprovação não é uma questão de SE, mas de QUANDO.

De antemão, sejam bem-vindos à Carreira Policial.

Por Jonas Leite

Jonas Leite é Mentor de Produtividade especializado em carreiras policiais, Bacharel em Sistemas de Informação e Pós-graduado em Gerenciamento de Projetos. Trabalhou no setor privado como gestor e líder por 10 anos e nesta jornada adquiriu habilidades que hoje auxiliam em seus processos de mentoria. Após ser aprovado em diversos concursos hoje é Policial Civil do Estado de São Paulo e idealizador do treinamento “Aprovação 5.0 – Mentoria de Produtividade”. É, também, criador da “Planilha Aprovação”, do blog ldlcarreirapolicial.com – portal que estimula centenas de candidatos diariamente. Conheça-o melhor: www.estudeemaltonivel.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s