O fracasso não ocorre por acaso

Muitos textos que lemos por aí falam sobre o sucesso. Sobre as vitórias de grandes homens e mulheres da história. Isso é natural, afinal, as pessoas querem crer que o mundo é um lugar bom e justo, que nada de mal vai lhes acontecer e que todos os sonhos são tangíveis. Convenhamos, sonhar é necessário! O homem só pode criar aquilo que tenha imaginado algum dia.

No entanto, permitam-me retirá-los deste devaneio por um instante e dar lhes um pequeno choque de realidade. Antes de ter sucesso, é muito provável que você vá fracassar.

Sim! É uma verdade dura e cruel. Mas quase todos os homens e mulheres bem-sucedidos da história tem fracassos em sua biografia. Praticamente todo candidato aprovado em concurso, já foi reprovado em um ou mais momentos anteriores. E é por isso que hoje eu vim falar de fracassos.

Na minha vida, os meus grandes exemplos sempre foram pessoas persistentes. Mas eu não tinha parado analisar olhar para os insucessos delas. Não que a ideia de fracasso em si fosse relevante. Mas essas aparentes derrotas e obstáculos foram cruciais na guinada que essas pessoas deram em suas vidas. Foi então que pude ver o papel relevante deles para forjar a persistência que eu tanto admirava nesses homens e mulheres. Escolha o personagem que quiser e investigue. Ele fracassou!

Listei aqui alguns poucos com algumas histórias conhecidas, apenas para reforçar a minha ideia.

Todo mundo conhece a Disney, certo? Fundada em 1923 pelo grande sonhador Walt Disney é o segundo maior conglomerado de mídia e entretenimento do planeta e um fenômeno da TV e do cinema. Mas, o que nem todo mundo sabe é que, muito antes de o Mickey ser criado, Sr. Walt Disney foi demitido de seu trabalho em um jornal por sua “falta de imaginação e boas ideias“. Difícil imaginar isso nos dias de hoje, mas é um fato!

E por falar em animação e cinema. Todo mundo sabe que Steve Jobs foi o criador da Pixar. O que algumas pessoas não sabem, é que a história de como a Pixar foi criada começa com a demissão de Steve Jobs da companhia que ele próprio fundou, a Apple. Empresa está para a qual ele foi recontratado anos depois e revolucionou o mundo tecnológico em que vivemos.

Vocês também devem conhecer a série “Harry Potter”. Mas você sabia que a autora do livro, Joanne Rowling (ou J. K. Rowling), apresentou o primeiro livro da sequência, “Harry Potter e a Pedra Filosofal”, a oito editoras diferentes antes de conseguir publicá-lo. Mas, apesar deste obstáculo, obra conta hoje com mais de 120 milhões de cópias comercializadas.

Fábio Branda, juiz do TRT-2, foi reprovado em 43 concursos, antes de ser aprovado. Da pra imaginar? O famoso juiz William Douglas foi reprovado em 6 concursos antes de ser aprovado como juiz. Não o bastante, quebrou 12 empresas antes de obter sucesso como empreendedor e escritor. Em suas palestras, ele costuma dizer que “ o sucesso e o fracasso, nunca são pessoas. São situações”

São tantos fracassos…poderia citar inúmeros outros aqui, mas mataria vocês de tédio antes de chegar à metade rsrs.

O que importa é que, nas palavras do grande escritor Charles Dickens (autor da obra Oliver Twist):

“Cada fracasso ensina ao homem algo que ele precisava aprender”.

Então, se você fracassou, anime-se! Essa é a prova de que você está tentando.

Então, chore, grite, corra… faça seu ritual da superação, seja ele qual for. Curta 24 horas de “fossa”, prorrogáveis por mais 24. Contudo, ao vencer o prazo das 48 horas de auto piedade ( não deixe passar disso pra não virar drama), recobre o bom senso e firme esse toco!

Reveja sua estratégia, avalie seus erros (tanto nos estudos, quanto na prova), seja honesto e justo consigo mesmo. Responsabilize-se por aquilo que te prejudica, pela procrastinação, pelas horas nas redes sociais, pelas distrações, a ansiedade, a falta de autocontrole e de disciplina. Faça todas as reflexões que precisar fazer!

Quando tiver terminado de reajustar a rota e retomado o leme, sacuda essa poeira, levante a cabeça e, por favor, SIGA EM FRENTE! Rumo ao grupo dos vencedores, jamais para trás, em direção ao grupo dos derrotados.

E por favor, não se esqueça: É VOCÊ QUEM MANDA NESSA PORRA!

“Errei mais de 9.000 cestas e perdi quase 300 jogos. Em 26 diferentes finais de partidas fui encarregado de jogar a bola que venceria o jogo… e falhei. Eu tenho uma história repleta de falhas e fracassos em minha vida. E é exatamente por isso que sou um sucesso.” Michael Jordan.

Por Mari

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s