Bombeiros – PE: confirmado concurso para 300 vagas (Nível Médio)

cbpe

Mais uma grande oportunidade para os concurseiros de Pernambuco. Após muitos adiamentos, a Secretaria de Defesa Social do Estado (SDS-PE) anunciou que irá realizar concurso para soldado do Corpo de Bombeiros este ano. A intenção da pasta é preencher 300 vagas para o cargo de soldado bombeiro militar.

A nova seleção foi uma das cláusulas incluídas na proposta apresentada pelo Governo à representantes da categoria, na última semana, após paralisação que exigia também reajuste salarial para policiais e bombeiros. A proposta foi aceita pela Associação dos Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE). Segundo o Centro Integrado de Comunicação da pasta, o próximo passo é iniciar os preparativos para a escolha do organizador. Ainda não há data para a divulgação da banca, mas a expectativa é que o processo de licitação seja iniciado nas próximas semanas.

Além do número de vagas, a secretaria também confirma o requisito da função, que exigirá o nível médio completo. As etapas da seleção também foram informadas: a primeira será de prova objetiva. Os aprovados ainda passarão por exames de aptidão física, avaliação psicológica, exames médico e investigação social. Por fim, haverá curso de formação e habilitação de praças, cuja bolsa para os alunos será de R$970,42. Não somente a sonhada estabilidade, a carreira oferece como atrativo um salário inicial de R$ 2.719,88.

Último concurso

A última vez que o Corpo de Bombeiros de Pernambuco realizou seleção foi em 2006. Na ocasião, o organizador foi o Instituto de Planejamento e Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico e Científico (Ipad). Com oferta inicial de 250 vagas para soldado, o concurso reuniu 8.629 inscritos. Os candidatos passaram por primeira fase de prova objetiva, onde deveriam responder 60 questões, das quais 20 de Língua Portuguesa, dez de Matemática, dez de História, dez de Geografia e dez sobre Noções de Direitos e Garantias Fundamentais. A duração do exame foi de quatro horas.

Os aprovados ainda realizaram teste físico, composto de prova de 50 metros rasos, flexão de braços na barra fixa para homens e no solo para mulheres, natação em piscina de 25 metros, flexão de abdômen e corrida de 2.400 metros. Os índices variavam de acordo com o gênero. A seleção ainda teve exame psicológico, avaliação médica e investigação social, e por fim, curso de formação.

Fonte: Folha Dirigida por Jonas Leite

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s