Série de concursos está entre as prioridades do governo de SP

A Polícia Civil de São Paulo deve ser uma das prioridades do governo do estado de São Paulo no que diz respeito a novas contratações. Com a publicação, no início do mês, do Decreto 61.466, que restringe contratações no âmbito estadual, a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão informou que as áreas da Saúde, Segurança e Educação devem ser pouco impactadas com a medida, por se tratarem de serviços de necessidade básica.

Em meio a esta expectativa a Polícia aguarda a autorização de seu pedido de preenchimento de 3.176 vagas, enviado em setembro do ano passado. As novas contratações visam suprir um déficit de 7.305 servidores, apontado pelo último levantamento de servidores do estado, que tem como base dezembro de 2014. “Nós estamos tentando concurso esse ano. Nestes casos não há impacto orçamentário porque seria reposição. Você não está criando novos cargos, eles já existem e só estão defasados. As pessoas aposentaram, saíram por qualquer outro motivo da carreira, então a ideia é preencher os claros”, afirmou o delegado geral, Youssef Abou Chahin, em entrevista realizada no primeiro semestre. Parte da oferta pode ser destinada ao aproveitamento de remanescentes da série de concurso que está em fase de conclusão.

Para cargos de nível médio foi solicitado o preenchimento de 851 vagas. A oferta se divide entre as carreiras de atendente de necrotério (54), auxiliar de necropsia (36), papiloscopista (72), desenhista (11), fotógrafo técnico pericial (41), que fizeram parte da última série, além de agente policial (249), auxiliar de papiloscopista (136), e agente de telecomunicações (252), que tem concursos com validade encerrada ou próxima do fim. Para estas três carreiras todas as vagas serão destinadas a novos concursos.

No caso dos cargos de nível superior são 2.325 oportunidades divididas entre perito, médico legista, investigador, escrivão e delegado. Mas neste caso grande parte pode ser destinada ao aproveitamento de remanescentes. As remunerações da Polícia Civil variam de R$3.365,11 a R$ 10.079, já incluso o adicional de insalubridade, no valor de R$571,51, reajustado no mês de março.

Para os novos concursos de nível médio a Polícia Civil não pretende realizar alterações no formato da seleção. Tanto as etapas quanto no conteúdo programático devem seguir o padrão dos últimos concursos do órgão. As únicas alterações serão para os cargos de nível superior que voltarão a incluir a prova oral em seus concursos, com exceção de delegado, que já conta com a etapa.

* Os valores citados já incluem o adicional de insalubridade de R$571,51, pago a todas as carreiras da área policial

Fonte: Folha Dirigida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s