Polícia Civil/SP: cresce expectativa por novo concurso

Com o término iminente de diversas seleções iniciadas em 2013, cresce a expectativa pela realização dos novos concursos da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC/SP). Para isto a corporação ainda aguarda uma posição governamental sobre o pedido para o preenchimento de 3.176 vagas enviado para a Secretaria Estadual de Gestão Pública (SGP/SP), no final de 2014. De acordo com o delegado divisionário de concursos da Academia de Polícia (Acadepol), Pedro Tonelli Neto, todos os concursos da corporação ainda em andamento devem ser encerrados entre os meses de julho e agosto. “Com isto, encerrados estes processos, a expectativa é pela autorização para que possamos iniciar nossas próximas seleções”, reforça.
A expectativa inicial seria iniciar os novos certames o quanto antes, ainda em 2015. Porém, até o momento, isto vem sendo postergado em virtude do processo de contenção de gastos pelo qual o estado vem passando, o que tem atrasado a autorização de novos concursos por parte do governador Geraldo Alckmin. De qualquer forma, a necessidade de pessoal existe e quem pretende ingressar na corporação deve aproveitar o tempo excedente para intensificar os estudos.
Vale lembrar que, uma vez autorizadas, parte destas vagas pode ser destinada a remanescentes dos concursos que estão sendo encerrados.
Do total solicitado pela Polícia Civil, 851 são para cargos com exigência de ensino médio e 2.325 para nível superior, com remunerações iniciais, atualizadas, de R$ 3.365 a R$ 10.079,28, todos com jornada de 40 horas semanais.

Ensino Médio
As oportunidades de ensino médio são para os cargos de agente policial (249 vagas), atendente de necrotério (54), auxiliar de papiloscopista (136), papiloscopista policial (72), agente de telecomunicações (252), auxiliar de necropsia (36), desenhista técnico pericial (11) e fotógrafo técnico pericial (41).
Para os cargos de agente policial, atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, o inicial é de R$ 3.365, já considerando R$ 571,51 do adicional de insalubridade. Já nos casos de papiloscopista, agente de telecomunicações, auxiliar de necropsia, desenhista técnico e fotógrafo, o inicial é de R$ 4.023,29, já com o complemento.
A diferença salarial se refere à lei complementar 1.249, sancionada pelo governador Geraldo Alckmin em 3 de julho de 2014, que altera de ensino fundamental para médio a exigência para os cargos de agente, atendente de necrotério e auxiliar de papiloscopista, sem compatível alteração salarial.

Nível Superior
Para nível superior, o pedido é para os cargos de escrivão de polícia (922), investigador de polícia (985), médico legista (68), perito criminal (129) e delegado de polícia (221). Os iniciais são de R$ 4.171,49 para investigador e escrivão, R$ 8.538,49 para legista e perito e R$ 10.079,28 para delegado, já com o adicional.

Fonte: JC Concursos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s